Beneficiamento de Minérios Rio Claro

Concreto de Pós Reativos

Postado em 12 dez 2013

Concreto de pós reativos

Em nossos últimos posts temos falado sobre o uso de pó de quartzo fino como aditivo para concreto, visando ajustar a distribuição granulométrica de diversas formulações de concreto. Neste post vamos falar sobre os concretos de pós reativos, uma nova tecnologia que visa criar um concreto de ultra alto desempenho com estratégias bem parecidas com as que temos comentado.

O concreto de pós reativos foi inventado na França, em 1990 e é aplicado em diversas estruturas mundo afora, embora no Brasil sua utilização seja muito pequena, reservada algumas obras específicas e a estudos em universidades. Esses concretos de pós reativos são muito interessantes em obras de arquitetura diferenciada por possibilitam uma gama maior de geometria nas mesmas, devido a sua resistência à compressão ir de 200 até 800 MPa, (o que é surpreendente quando comparados aos 40 a 50 MPa de um bom concreto convencional).

O traço do concreto de pós reativos também é diferente. Ele, ao invés de usar agregados maiores (como britas maiores de 10 mm), usa agregados miúdos e uma quantidade significativa de sílica ativa ou outros ativos pozolânicos de maneira a unir estes agregados melhor. Areias de quartzo bastante finas e pós de quartzo com composição química controlada são exemplo dos agregados miúdos usados para aumentar a homogeneidade. As quantidades de sílica ativa somada ao pó de quartzo chegam a quase 50% da quantidade de cimento (o cimento também deve apresentar propriedades superiores, em geral usa-se cimentos CP IV ou CP V). Alguns traços também colocam outros componentes, como micro fibras metálicas para melhorar o desempenho.

Devido à estas características do traço do concreto de pós reativos, é possível obter-se uma homogeneidade muito alta, com poucos espaços vazios, o que faz com que o concreto de pós reativos apresente uma plasticidade bastante elevada e uma razão água cimento baixa. Além da melhor resistência a compressão e melhor moldabilidade, estima que estas características também fazem com que a durabilidade destes tipos de concreto sejam muito maiores.

A BMRC fornece pós de quartzo e areia de quartzo para diversas universidades brasileiras para que visam testar estes concretos. Vários projetos destas universidades pioneiras com nosso material são apresentados nos congressos do Ibracon todos os anos. Se tiver um projeto similar, contate-nos para saber como podemos ajudá-los. 

Postar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>